terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Mia

Actualização 16 02 2011:
Esta sexta-feira dia 11/02/2011 saiu do internamento, está no Hotel Boné Xuxa, com medicação, inalações de Vaporil e especial atenção na comida e cuidados de limpeza. Ainda tem muita expectoração, dificuldade em respirar, e está extremamente magra, só tem pele e ossos, mas demonstra apetite, o que é excelente! Segundos os exames à expectoração, trata-se de uma bactéria que se instalou e está a provocar todos estes problemas... Continua a necessitar aspirar a expectoração de vez em quando, fica toda congestionada e com muita dificuldade em respirar, está a soro (emagreceu imenso) e a medicação é intravenosa, pelo que para já precisa continuar internada... Por muito que assuste a parte financeira, não temos coragem de a mandar adormecer só por uma questão de dinheiro... Continuamos a precisar de ajudas para a MIA!

1. Nome: Mia
2. Localidade: Gondomar
3. Carats: gata siamesa, jovem
4. Contactos: Marisa Santos – 916689952 ou email mssantos@maxmat.pt
5. NIB: 0007 0410 00885831007 58 (descrição “MIA”)
6. Descrição: A MIA foi abandonada em Baguim do Monte. Uma senhora minha conhecida, com pena da gatinha, punha-lhe de comer na garagem e ela ia lá comer, mas como é uma gata tão meiguinha e novinha, esta senhora pediu ajuda para ela ser resgatada, e graças à Susana Costa, esta menina saiu da rua. Mas a falta de sorte da MIA continua... A MIA foi castrada e correu muito bem. De repente teve que ser internada com vómitos e deixou de comer, recuperou mas, agora está novamente internada, com dificuldades respiratórias, tirou RX, testes FIV e FELV... Fez uma endoscopia e retirou expectoração para analise... aguarda-se os resultados... Dizem que não entendem a quantidade de expectoração que ela consegue ganhar... Não fazemos ainda ideia do valor de tratamentos, análises e internamento... Está internada na Clínica Veterinária Sta. Rita (Ermesinde). T. 229741054. Agradecemos toda a ajuda para a gatinha MIA. Esta menina merece ser feliz... PF colocar descrição “MIA”. A conta já vai em € 400.