sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Um exemplo a seguir!

Todos nós que nos vemos de uma forma ou de outra envolvidos na defesa animal no nosso pais, e que temos por vezes animais para entregar para adoção, ficamos renitentes em dar um animal a emigrantes! Isto porque todos tivemos conhecimento, ou até experiência pessoal, de devoluções e abandonos quando a família regressa ao pais de origem!
Há algum tempo atras, uma gata ainda bebé foi dada para adoção a uma família russa que vivia no nosso pais, e a adoção foi feita com algumas reservas e controlo, no entanto, e com o passar do meses, ficámos todos agradavelmente surpreendidos com a dedicação desta família ao novo membro! Percebemos logo, aquando da altura da esterilização do animal, o interesse e preocupação pelo mesmo!
Passaram-se meses e tudo corria na normalidade!
Entretanto, e por questões familiares, esta família teve de partir para Inglaterra, o que foi um choque! Principalmente tendo em conta a complicação que é levar um animal para este pais.
Portanto a BARSIK, voltou para casa daquela que foi a sua FAT em bebé, com a promessa que tudo iam fazer para a vir buscar….bom, duvidar não é palavra certa, mas achávamos difícil que isso viesse a acontecer!

Mais uma vez, um julgamento precipitado! A família ligava com frequência para saber noticias da BARSIK, e para inclusive, falar com ela! Em russo J, para ela não se esquecer deles!
Juntaram algum dinheiro, e no início de janeiro, a sua dona veio para Portugal para a levar para casa!
Começou a confusão...
As burocracias foram sendo tratadas ao longo dos meses, mas o facto de ser uma família sem muitas posses, e nós uma associação sem grandes recursos, tornou a resolução deste tema, uma grande dor de cabeça para todos!
Chamadas, emails, pedido de ajuda e esclarecimento, foi o que fez a dona desta sortuda gata, nas 2 semanas que ficou por cá!
E conseguimos!
A BARSIK vai embarcar no próximo sábado em direção a Paris, juntamente com a sua dona na cabine do avião, e posteriormente em Paris, está um serviço de transportes para as levar de volta a casa, em Inglaterra!
E porque desta forma?
Porque apenas a British Airways pode levar animais para Inglaterra, e a viagem é demasiado longa (há que haver um grande período de espera nos aeroportos para o animal embarcar), e porque só é permitada a viagem no porão, onde se fazem cobrar de um valor que ronda os
450-500€ para um animal que pesa 5kg!
Por isso, e já que é necessário este capital, a opção foi a viagem por Paris, onde a BARSIK pode ir sempre acompanhada pela sua dona, e depois o transporte terreste para Inglaterra!
Pensamos que será muito útil divulgar este exemplo! Não pode haver desculpas de natureza alguma para o abandono de um membro da família! Quando se quer mesmo, tudo se consegue! Mesmo quando os valores morais na nossa sociedade estão em total declínio!
Toda a sorte do mundo para a BARSIK e a sua família!

O Grupo de Voluntários no Canil/Gatil Municipal do Seixal
Contato – Cristina Ferreira - 966420094